Portal NippoBrasil - OnLine - 19 anos
Sexta-feira, 15 de novembro de 2019 - 2h19
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPORTES
Copa 2014
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-
Arquivo NippoBrasil - Edição 028 - 19 a 25 de novembro de 1999
 
Morro de São Paulo a vila mais charmosa da Bahia

(Fotos: Divulgação)

Dona do maior litoral do Brasil e hospedando diversas culturas, a Bahia deve misturar muita alegria, santos e orixás para a comemoração dos 500 anos de Descobrimento. Gente de todo o planeta está se preparando para passar no Nordeste as festas que irão se estender até depois do Carnaval. Mas, além das agitadas cidades de Porto Seguro e Salvador, há ainda uma pequena vila que promete receber muita gente bonita também: o Morro de São Paulo.

Conservada, ela continua linda e ideal para os que gostam de um lugar descolado e com coqueiros e praias por todos os lados. Por muito tempo Morro de São Paulo só recebia aventureiros, uma vez que a distância que a separa de Salvador é de 270 km e mais 30 minutos de lancha.

Hoje em dia, os brasileiros descobriram que existe um refúgio de beleza encantadora, cercado por morros, junto a uma enseada de águas esverdeadas, sem ruas asfaltadas, nem acesso para carros, e distante da correria das grandes metrópoles. Mesmo com o progresso, conserva sua rusticidade e mantém praias lindíssimas, quase que desertas !

Morro de São Paulo, principal vila da ilha de Tinharé, deixou de ser um lugar para mochileiros. Conta atualmente com diversas pousadas e cadeiras na praia, para os que procuram por sossego com um certo conforto. Vale a pena também submeter-se a um pouco mais de estrada apreciando as águas claras da Bahia. Mas, como muitos preferem a comodidade do avião e ir direto ao hotel, paraísos como este continuam atraentes e lindos.

Nem 10% dos quase 3 mil moradores nasceram em Morro de São Paulo. A maioria vem de outros Estados e até da Europa. São pessoas que chegaram para alguns dias e acabaram ficando, encantados com o local. Os piratas chegaram por outros motivos, claro, mas o principal tesouro só foi descoberto há menos de 20 anos. Então virou point de gente bronzeada, que anda descalça e que não abre mão de lojas bonitas, amizades em meio a paisagens e trilhas desafiadoras.

A denominação dada a elas é tão simples que não tem como não esperar intimidade e receptividade da população. Da Primeira até a Quarta, as praias são contínuas. Faixas de areias brancas e finas ligam-se de uma a outra, sendo que a última delas passa a sensação de sonho de todos nós: a de estar numa ilha deserta. Mas por que será que elas não têm nome? Provavelmente porque esperam por você para batizá-las!

 
Atrações

Hoje conta-se inclusive com aluguel de jet ski e banana boat nas praias. Mas, o melhor a se fazer neste lugar é descansar e relaxar. A simplicidade convida a todos para descobrir o prazer de viver com estilo. A vila tem personalidade e você pode perceber isso nas pessoas, nas pequenas pousadas e estabelecimentos comerciais.

O agito está na Segunda Praia. Turistas da vila inteira se reúnem todas as noites para o Luau do Morro, uma festa que geralmente se estende até o nascer do sol. Até mesmo os mais tímidos se empolgam a dançar ao som de axé e reggae que emana dos alto-falantes das barracas.

As crianças podem se divertir andando a cavalo no final da tarde ou mergulhando nas piscinas naturais da Quarta Praia, calma e cheia de vida submarina. Imperdíveis também são os passeios para a ilha vizinha, como Boipeba, que tem 20 km de praias praticamente desertas e umas das mais bonitas do Brasil. Há ainda o povoado de Gamboa, distante uma hora caminhando por paisagens bem bonitas. Ao lado da Fortaleza também tem-se o incrível espetáculo de observar os golfinhos.

 
 Arquivo - Turismo Brasil
Arquivo NippoBrasil - Edição 252
• Socorro oferece diversão sem parar aos turistas
Arquivo NippoBrasil - Edição 251
• Serra Negra: saúde e diversão para toda a família
Arquivo NippoBrasil - Edição 250
• Brotas: aventura, natureza e descanso
Arquivo NippoBrasil - Edição 249
• Caldas Novas é quente
Arquivo NippoBrasil - Edição 248
• Foz do Iguaçu: natureza, tecnologia e história
Arquivo NippoBrasil - Edição 246
• Pantanal
Arquivo NippoBrasil - Edição 245
• Salvador
Arquivo NippoBrasil - Edição 241
• Camboriú
Arquivo NippoBrasil - Edição 238
• Adrenalina total!!!
Arquivo NippoBrasil - Edição 233
• Floripa ou Ilha da Magia, como também é conhecida a capital catarinense
Arquivo NippoBrasil - Edição 231
• Conheça São Paulo de Metrô
Arquivo NippoBrasil - Edição 225
• Belém: capital da fé
Arquivo NippoBrasil - Edição 224
• Litoral norte
Arquivo NippoBrasil - Edição 223
• Região dos Lagos
Arquivo NippoBrasil - Edição 221
• Paraty: diversão para toda família
Arquivo NippoBrasil - Edição 219
• Circuito Histórico de Minas Gerais
Arquivo NippoBrasil - Edição 218
• Atibaia
Arquivo NippoBrasil - Edição 217
• Foz do Iguaçu: Beleza dividida
Arquivo NippoBrasil - Edição 215
• Divirta-se nos arredores de São Paulo
Arquivo NippoBrasil - Edição 212
• Um passeio nas alturas da Serra da Mantiqueira
Arquivo NippoBrasil - Edição 210
• Onsens: Estâncias termais que garantem relaxamento e diversão
Arquivo NippoBrasil - Edição 209
• Ilha Grande
Arquivo NippoBrasil - Edição 207
• Poços de Caldas: O santuário da paz
Arquivo NippoBrasil - Edição 206
• Circuito das águas mineiro
Arquivo NippoBrasil - Edição 204
• Redescobrindo o Litoral Sul de SP
Arquivo NippoBrasil - Edição 203
• Serras Gaúchas
Arquivo NippoBrasil - Edição 201
• Socorro abre a porteira para o turismo
Arquivo NippoBrasil - Edição 200
• Circuito das águas
Arquivo NippoBrasil - Edição 198
• Santos: Muito além do Jardim
Arquivo NippoBrasil - Edição 192
• Maranhão, o segredo do Brasil
Arquivo NippoBrasil - Edição 190
• Histórias do Grande Sertão Veredas em Minas Gerais
Arquivo NippoBrasil - Edição 188
• Turismo ecológico no Rio Grande do Norte
Arquivo NippoBrasil - Edição 184
• Península de Maraú: uma delícia baiana
Arquivo NippoBrasil - Edição 180
• Pirenópolis, um pedaço do Cerrado Brasileiro

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2019 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados

333 usuários online