Portal NippoBrasil - OnLine - 19 anos
Sexta-feira, 15 de novembro de 2019 - 1h36
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPORTES
Copa 2014
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-
Arquivo NippoBrasil - Edição 094 - 8 a 14 de março de 2001
 
Circuito Mineiro das Águas

(Fotos: Reprodução / Divulgação)

Quem pensou que só é possível fazer um ótimo passeio turístico e encontrar belíssimas paisagens no litoral enganou-se. Bem longe do mar, ao sul de Minas Gerais e em plena Serra da Mantiqueira, encontram-se maravilhosas paisagens com bosques, lagos, montanhas e solo riquíssimo em minérios e fontes terapêuticas de água mineral.

Esta região é conhecida como Circuito Mineiro das Águas, um conjunto de cidades turísticas que, além de serem privilegiadas pela natureza, souberam explorar suas vantagens tornando-se uma boa opção para quem quer descansar o corpo e a mente e se divertir em contato com a natureza. As cidades possuem hotéis, balneários, comida típica mineira (especialmente doces), feira de artesanatos e antigamente haviam cassinos, mas logo foram proibidos.

Uma das principais estâncias termais do Circuito é Araxá. Cidade de origem indígena e movida pelo turismo que possui fontes de águas bicarbonatadas, cálcicas, magnesianas, radioativas, sulfurosas e sódicas, e é famosa pela lama preta utilizada para tratamentos de pele e reumatismo em um de seus balneários. Outros pontos turísticos de Araxá são a Mata da Cascatinha, onde Dona Beja teria se banhado nua; o Museu Dona Beja; e o Museu Sacro da Igreja de São Sebastião.

Outra cidade é São Lourenço, que abriga o Parque das Águas com um lago de 90 mil metros quadrados, onde fica a Ilha dos Amores. O Parque das Águas II oferece fontes de águas gasosas, magnesianas, alcalinas, sulfurosas e ferruginosas com propriedades de regiões vulcânicas.

Cambuquira é uma cidade de clima ameno, entre 10 e 26 graus centígrados, com fontes gasosas conhecidas como “águas milagrosas”. A cidade também possui várias grutas e cachoeiras, um observatório astronômico e o Mirante do Piripau, a 1.372 metros de altitude, onde há uma rampa para a prática de vôo livre.

Cascatas e cachoeiras belíssimas em Lambari

A 50 km de São Lourenço está Lambari, uma pequena cidade que possui belas cachoeiras, cascatas e um lago propício para a prática de windsurf e esqui aquático. À beira do lago, no antigo cassino, fica a estância hidromineral Parque Venceslau Brás, para quem quer andar de bicicleta e também desfrutar de um parque aquático e duchas. Lambari oferece outros diversos passeios turísticos como o Passeio das Sete Quedas, localizadas no Parque Estadual Nova Baden, ideal para caminhadas, passeios a cavalo ou charrete. Para quem gosta de aventuras há o Passeio da Toca da onça, um programa que mistura lendas às verdadeiras histórias de onças da região.

No planalto da Mantiqueira está Caxambu, considerada a mais tradicional estância mineral do país, com 12 fontes de água com propriedades químicas diferentes indicadas para o tratamento de problemas no fígado, intestinos, aparelho digestivo, doenças de pele, cálculos renais, anemia e outros.

A cidade oferece, além de um belo conjunto arquitetônico, diversas opções de lazer ecológico no Horto Florestal, uma área com muito verde ótima para caminhadas e, principalmente, no Morro de Caxambu, localizado a mais de 1.090 metros de altitude podendo-se chegar até ele através de um teleférico de 685 metros.

Outra cidade do Circuito é Passa Quatro, cercada pelas mais altas montanhas do Brasil, onde é praticado o alpinismo. Na cidade também encontra-se um sítio histórico e um Horto Florestal com cachoeiras, rios, córregos e um pesque-pague.

 

Uma beleza natural chamada Poços de Caldas

Poços de Caldas, a mais famosa de todas as estâncias termais, está situada sobre a cratera de um vulcão extinto, a 1.184 metros de altitude, possui nove fontes de águas sulfurosas, ferruginosas e radioativas, algumas com até 45 graus centígrados. Para quem gosta de contato direto com a natureza, o Parque Florestal São Domingos possui 253 hectares de vegetação nativa com trilhas que levam, por exemplo, ao Cristo Redentor, a 1.686 metros de altitude e as cachoeiras com mais de 100 metros de altura.

O Circuito Mineiro das Águas é um roteiro que recebe cada vez mais turistas, principalmente no inverno por serem cidades aconchegantes e com muitas áreas verdes, montanhas, parques, fontes de águas mornas e os deliciosos doces típicos da culinária mineira.

 Arquivo - Turismo Brasil
Arquivo NippoBrasil - Edição 252
• Socorro oferece diversão sem parar aos turistas
Arquivo NippoBrasil - Edição 251
• Serra Negra: saúde e diversão para toda a família
Arquivo NippoBrasil - Edição 250
• Brotas: aventura, natureza e descanso
Arquivo NippoBrasil - Edição 249
• Caldas Novas é quente
Arquivo NippoBrasil - Edição 248
• Foz do Iguaçu: natureza, tecnologia e história
Arquivo NippoBrasil - Edição 246
• Pantanal
Arquivo NippoBrasil - Edição 245
• Salvador
Arquivo NippoBrasil - Edição 241
• Camboriú
Arquivo NippoBrasil - Edição 238
• Adrenalina total!!!
Arquivo NippoBrasil - Edição 233
• Floripa ou Ilha da Magia, como também é conhecida a capital catarinense
Arquivo NippoBrasil - Edição 231
• Conheça São Paulo de Metrô
Arquivo NippoBrasil - Edição 225
• Belém: capital da fé
Arquivo NippoBrasil - Edição 224
• Litoral norte
Arquivo NippoBrasil - Edição 223
• Região dos Lagos
Arquivo NippoBrasil - Edição 221
• Paraty: diversão para toda família
Arquivo NippoBrasil - Edição 219
• Circuito Histórico de Minas Gerais
Arquivo NippoBrasil - Edição 218
• Atibaia
Arquivo NippoBrasil - Edição 217
• Foz do Iguaçu: Beleza dividida
Arquivo NippoBrasil - Edição 215
• Divirta-se nos arredores de São Paulo
Arquivo NippoBrasil - Edição 212
• Um passeio nas alturas da Serra da Mantiqueira
Arquivo NippoBrasil - Edição 210
• Onsens: Estâncias termais que garantem relaxamento e diversão
Arquivo NippoBrasil - Edição 209
• Ilha Grande
Arquivo NippoBrasil - Edição 207
• Poços de Caldas: O santuário da paz
Arquivo NippoBrasil - Edição 206
• Circuito das águas mineiro
Arquivo NippoBrasil - Edição 204
• Redescobrindo o Litoral Sul de SP
Arquivo NippoBrasil - Edição 203
• Serras Gaúchas
Arquivo NippoBrasil - Edição 201
• Socorro abre a porteira para o turismo
Arquivo NippoBrasil - Edição 200
• Circuito das águas
Arquivo NippoBrasil - Edição 198
• Santos: Muito além do Jardim
Arquivo NippoBrasil - Edição 192
• Maranhão, o segredo do Brasil
Arquivo NippoBrasil - Edição 190
• Histórias do Grande Sertão Veredas em Minas Gerais
Arquivo NippoBrasil - Edição 188
• Turismo ecológico no Rio Grande do Norte
Arquivo NippoBrasil - Edição 184
• Península de Maraú: uma delícia baiana
Arquivo NippoBrasil - Edição 180
• Pirenópolis, um pedaço do Cerrado Brasileiro

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2019 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados

328 usuários online