Portal NippoBrasil - OnLine - 19 anos
Segunda-feira, 18 de novembro de 2019 - 7h42
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPORTES
Copa 2014
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-
Arquivo NippoBrasil - Edição 109 - 21 a 27 de junho de 2001
 
Jacobina: Circuito das Cachoeiras na Bahia

Vista área de Jacobina

(Fotos: Reprodução / Divulgação)

Situada ao norte da Chapada Diamantina, a 330 km de Salvador (BA), Jacobina possui uma exuberante e pouco explorada beleza natural. Fundada no início do século XVII, é conhecida também como “Cidade do Ouro”, devido à enorme quantidade de riquezas minerais (que podem ser conferidas nos Circuitos do Ouro e do Diamante). Por ter mais de quatro séculos de existência, a cidade tem uma rica arquitetura colonial, com belos casarios e antigas igrejas dos tempos da mineração. A tradição folclórica de Jacobina é marcada pela fé e pelo sincretismo religioso. A sua mais importante manifestação é a Marujada, um folguedo de origem portuguesa, que ocorre durante as festas religiosas da Conceição, de São Benedito e do Divino. Na Marujada, homens e meninos se vestem de marinheiros e desfilam pelas ruas da cidade.

O maior destaque da região, no entanto, fica mesmo por conta do circuito das cachoeiras, como você pode conferir a seguir.

 

O caminho das cachoeiras


Cachoeirinha do Rio Piancó: lagos próprios para banhos


Lagoa na Trilha dos Payayás

Jacobina possui em seus limites dois parques ecológicos, o Parque das Cachoeiras e o Parque das Maravilhas (ainda sendo delineado), rodeados por serras, lagos, rios e cachoeiras. No Parque das Cachoeiras, turistas de todo o mundo já estão descobrindo as diversas trilhas e opções de contato com a natureza. As principais trilhas do parque são:


Vista parcial da Trilha dos Bandeirantes

Vista parcial da Trilha dos Bandeirantes

1. Trilha dos Bandeirantes, a 8 km de Jacobina. Situa-se numa faixa de terra entre a Serra de Jacobina e a Serra do Pinhão. Aí existe uma mata preservada, onde se pode admirar a Cachoeira do Jequitibá, no rio Charneca; a bela Cachoeira dos Amores e seu canyon, no rio do Ouro; e a Cachoeira do Brito, seguindo pelo desfiladeiro dos Payayás. A trilha atravessa a densa mata, onde se pode ver árvores seculares e ruínas de igrejas do século 18.

2. Trilha do Véu de Noiva, localizada no distrito de Itaitu, em Jacobina. Nesta trilha há uma cachoeira – o Véu de Noiva - com mais de 60 metros de altura, própria para banho e prática de rapel.

3. Trilha do Piancó, também em Itaitu. É uma trilha leve que chega até a Cachoeira do Piancó, de 40 metros. Ali formam-se caldeirões propícios para banhos.

4. Trilha da Jaqueira, de onde se pode avistar a Cachoeira das Arapongas, o Poço da Geladeira e a Cachoeira do Sossego.

5. Trilha dos Payayás, situada no município de Saúde, a 44 km de Jacobina. De rara beleza, a trilha margeia o rio com diversas praias de areia branca e fina. Após uma caminhada de pouco mais de uma hora, chega-se a uma cachoeira com mais de 40 metros de altura, que forma uma grande lagoa para banho.

Outros passeios imperdíveis são o Alto do Cruzeiro, de onde se tem a mais bela vista dos vales; a Serra do Tombador, entrada norte da Chapada Diamantina; a Cachoeira do Aníbal, com 50 metros de altura e três quedas; a do Caldeirão, com 30 metros; as fontes do Itaitu, de água magnesiana – uma nascente natural dos tempos da mineração; a Lagoa Antônio Sobrinho, a maior da região e a Lagoa do Jenipapo, ideal para banhos. No total são mais de 45 cachoeiras catalogadas.


Poço da Geladeira: principal atração da Trilha da Jaqueira

 

Outras atrações

Além das atrações naturais, a cidade é dona de peculiar tradição histórica. O “Solar das Missões”, por exemplo, é muito visitado por quem gosta de apreciar um belíssimo pôr-do-sol. Nesse local pode ser encontrada, ainda, a Igreja do Bom Jesus das Missões, fundada em 1706, pelos missionários franciscanos. Quem vai a Jacobina não pode deixar de conhecer, também, o Mercado Municipal – e comprar peças do mais autêntico artesanato do sertão baiano – e a Gruta do Ossos, onde ainda se pode encontrar fósseis de animais pré-históricos.

 Arquivo - Turismo Brasil
Arquivo NippoBrasil - Edição 252
• Socorro oferece diversão sem parar aos turistas
Arquivo NippoBrasil - Edição 251
• Serra Negra: saúde e diversão para toda a família
Arquivo NippoBrasil - Edição 250
• Brotas: aventura, natureza e descanso
Arquivo NippoBrasil - Edição 249
• Caldas Novas é quente
Arquivo NippoBrasil - Edição 248
• Foz do Iguaçu: natureza, tecnologia e história
Arquivo NippoBrasil - Edição 246
• Pantanal
Arquivo NippoBrasil - Edição 245
• Salvador
Arquivo NippoBrasil - Edição 241
• Camboriú
Arquivo NippoBrasil - Edição 238
• Adrenalina total!!!
Arquivo NippoBrasil - Edição 233
• Floripa ou Ilha da Magia, como também é conhecida a capital catarinense
Arquivo NippoBrasil - Edição 231
• Conheça São Paulo de Metrô
Arquivo NippoBrasil - Edição 225
• Belém: capital da fé
Arquivo NippoBrasil - Edição 224
• Litoral norte
Arquivo NippoBrasil - Edição 223
• Região dos Lagos
Arquivo NippoBrasil - Edição 221
• Paraty: diversão para toda família
Arquivo NippoBrasil - Edição 219
• Circuito Histórico de Minas Gerais
Arquivo NippoBrasil - Edição 218
• Atibaia
Arquivo NippoBrasil - Edição 217
• Foz do Iguaçu: Beleza dividida
Arquivo NippoBrasil - Edição 215
• Divirta-se nos arredores de São Paulo
Arquivo NippoBrasil - Edição 212
• Um passeio nas alturas da Serra da Mantiqueira
Arquivo NippoBrasil - Edição 210
• Onsens: Estâncias termais que garantem relaxamento e diversão
Arquivo NippoBrasil - Edição 209
• Ilha Grande
Arquivo NippoBrasil - Edição 207
• Poços de Caldas: O santuário da paz
Arquivo NippoBrasil - Edição 206
• Circuito das águas mineiro
Arquivo NippoBrasil - Edição 204
• Redescobrindo o Litoral Sul de SP
Arquivo NippoBrasil - Edição 203
• Serras Gaúchas
Arquivo NippoBrasil - Edição 201
• Socorro abre a porteira para o turismo
Arquivo NippoBrasil - Edição 200
• Circuito das águas
Arquivo NippoBrasil - Edição 198
• Santos: Muito além do Jardim
Arquivo NippoBrasil - Edição 192
• Maranhão, o segredo do Brasil
Arquivo NippoBrasil - Edição 190
• Histórias do Grande Sertão Veredas em Minas Gerais
Arquivo NippoBrasil - Edição 188
• Turismo ecológico no Rio Grande do Norte
Arquivo NippoBrasil - Edição 184
• Península de Maraú: uma delícia baiana
Arquivo NippoBrasil - Edição 180
• Pirenópolis, um pedaço do Cerrado Brasileiro

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2019 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados

55 usuários online