PORTAL NIPPOBRASIL ONLINE - 19 ANOS
-
Fale conosco: adm@nippo.com.br   
Terça-feira, 22 de agosto de 2017 - 9h56
DESTAQUES:

Conversando de RH

EMPREGABILIDADE – O que é ?

 

Recentemente, ao entrevistar um “ex-dekassegui” que nos procurou através de indicação de um amigo comum, fiquei sabendo que ele já havia retornado ao Brasil há quase 3 anos, por força da crise econômica de 2008. Por suas qualificações positivas, particularmente um bom domínio do idioma japonês e uma carreira ascensional, ainda que em fábrica, esta pessoa havia conseguido se empregar rapidamente em uma subsidiária de multinacional japonesa aqui em São Paulo. E, um importante detalhe: assim que ele conseguiu o novo emprego, matriculou-se num curso superior em nível de gestão (duração de 2 anos) e hoje, neste intervalo de 3 anos no Brasil, já atendia a uma das principais exigências do mercado de trabalho, que é um diploma de nível superior.

A pessoa citada acima, sem saber, preencheu alguns dos conceitos da hoje chamada “empregabilidade”, que passaremos a comentar, abaixo:

Até há pouco tempo, talvez duas décadas atrás, a estabilidade no emprego era muito valorizada pelas empresas no momento da contratação. Se sua carreira era pontificada por empregos duráveis, cujo tempo de permanência variava entre cinco a dez anos ou até quinze anos na mesma empresa e, este era o seu caso, você era considerado um profissional exemplar.

O detalhe, antes positivo, é visto hoje como acomodação no emprego. Atualmente, valoriza-se o aprendizado e a diversidade de experiências. O profissional versátil, ágil, assertivo, proativo, capaz de acompanhar mudanças, de inovar e de apresentar alguma diferença, é o perfil mais apreciado pelo mercado.

Essa mudança de enfoque – tão díspar – ocorreu em função da globalização do mercado e pela verdadeira revolução ocorrida no setor de tecnologia da informação nos últimos anos, obrigando tanto o mundo corporativo quanto as pessoas que dele fazem parte a se adaptarem às novas exigências para poderem sobreviver. As empresas modificaram seus processos de trabalho e enxugaram suas estruturas. O datilógrafo, profissional que era essencial no passado, hoje foi substituído por jovens que, não só sabem datilografar (digitar) como também preparam demonstrativos, planilhas e gráficos complexos, utilizando programas de computador como o Excel ou Power Point. E, de tabelas, fazem “malabarismos” com os seus i-pads, tablets e outras maravilhas de nossa tecnologia.

O mercado de trabalho atual busca profissionais cada vez mais competentes, atualizados e preparados, além de pessoas capazes de se adequarem às novas necessidades do mundo em qualquer ambiente organizacional.

Daí surgiu o conceito de EMPREGABILIDADE, uma palavra que se tornou comum, no cotidiano e no vocabulário das pessoas. Mas, o que significa isto?

Explicando de uma forma simplista: Empregabilidade é a habilidade de se tornar útil e necessário ao mercado de trabalho atual. É ter um diferencial. É ter uma formação escolar, acadêmica. É ter algo a mais a oferecer. É estar sintonizado com os acontecimentos do mundo. É saber fazer um bom marketing pessoal, ter um rico networking e estar atualizado com a tecnologia e as tendências do mercado. É possuir as características que o mercado exige, independentemente da empresa que atua ou que irá atuar. É ser desejado pelo mercado, ou seja, é ter aquele algo a mais que o coloca à frente de seus concorrentes. Dando atenção a estas qualificações, as suas chances de conseguir emprego se multiplicarão e muitas. Isso significa ser empregável, isso é empregabilidade.

Junto aos fatores acima citados, nunca se esquecer que: caráter, ética e valores pessoais deverão estar agregados também. Sem estes últimos, de nada valerá as ferramentas acima, pois o mercado de trabalho, por maior e mais amplo que seja, de alguma forma acaba rejeitando profissionais que não tenham boa conduta e princípios.



Katsuo Higuchi
Profissional de RH; como executivo e empresário , atua
na área há mais de 40 anos. Foi diretor da empresa AVANCE DO BRASIL.
e-mail: rk.higuchi@gmail.com

Portal Nippo-Brasil: contato@nippo.com.br
 
 Arquivo
 Recursos Humanos e Gestão de Negócios
• Diferenças que aproximam
• FAMÍLIAS BRASILEIRAS NO JAPÃO – A luta (difícil) pela integração
• Mudar para crescer
• Brasil, um país de contradições
• Por que sonhar é importante?
• O meu maior legado
• Pílulas de otimismo
• Tempos modernos
• EMPREGADO ou EMPRESÁRIO, qual é a melhor opção?
• Da Balada de Narayama aos tempos atuais
• Em busca do ideal
• Lições do Carnaval
• Crianças dão lição em Master Chef
• É Dezembro ...
• Laços de Família
• TERCEIRA IDADE, uma força que desponta
• Pêssego, caqui, ou jaca: qual é a fruta de sua preferência?
• Omotenashi, a arte de encantar as pessoas
• O dilema de escolher a profissão certa
• Convivendo com as diferenças no ambiente de trabalho
• 2014, Ano do Cavalo, novas esperanças...
• Ser líder é importante; Saber ser liderado também.
• A arte de encantar
• Falando de assédio moral e sexual dentro das empresas...
• É Dezembro...
• MUDANÇA DE EMPREGO: Dicas úteis para este fim de ano
• Ser tímido atrapalha na hora da promoção?
• “Há empregos, faltam profissionais“
• Você é racional ou emocional em suas decisões?
• EMPREGABILIDADE – O que é?
• O que é essa tal de “ASSERTIVIDADE”?
• O poder do NETWORKING
• A hora da verdade: a entrevista de seleção
• Modelo de um “ histórico de vida “
• CURRÍCULO = Cartão de Visita Profissional
• O crescimento econômico e as suas exigências
• SHOOKAI (Apresentação)

© Copyright 1992 - 2016 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante.
Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

Sobre o Portal NippoBrasil | Fale com o Nippo