Portal NippoBrasil - OnLine - 19 anos
Domingo, 15 de dezembro de 2019 - 22h39
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPORTES
Copa 2014
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-
 

Projeto guia ex-dekasseguis
ao mercado de trabalho via network

 

Por Kátia Sattomura / NippoBrasil

A inserção no mercado de trabalho após longos anos de vivência no Japão é uma das dificuldades enfrentadas por ex-dekasseguis retornados ao Brasil. Para facilitar isso, um novo projeto surge através dos jovens da Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social (Bunkyo), com apoio do Consulado Geral do Japão em São Paulo.

"Projeto Network" vem com a missão de aproximar empresas parceiras dispostas a acolher ex-dekasseguis, tanto com emprego quanto com auxílios psicológicos e administrativos.

O pontapé inicial foi dado no último sábado, com participação de apoiadores e de 64 ex-dekasseguis, de um total de 120 inscritos. Palestras e dinâmicas em grupo foram realizadas ao longo do dia.

Na abertura dos trabalhos, o presidente interino do Bunkyo, Jorge Yamashita - o presidente Renato Ishikawa está no Japão, onde participou da cerimônia de entronização do novo imperador, Naruhito - falou sobre "a complexa adaptação (de brasileiros que trabalharam no Japão) no Brasil" e do "momento de repensar o que é ser nikkei".

Em seguida, o cônsul-geral adjunto Akira Kusunoki, que se diz contra a palavra "dekassegui" pelo sentido pejorativo de "caipira", citou os números expressivos de brasileiros que vivem no Japão - atualmente, cerca de 200 mil, e 120 mil que já retornaram ao Brasil - e as dificuldades enfrentadas, como a crise de identidade.

Por isso, o Consulado Geral do Japão em São Paulo tomou a iniciativa de chamar os jovens do Bunkyo para formatar um projeto que atendesse a esse público de retornados, oferecendo-lhes informações e oportunidades.

"Em 2020, serão 30 anos de imigração de brasileiros ao Japão. É um começo de uma nova fase. Hoje, a maioria deles tem visto permanente, tem casa própria e não são mais dekasseguis. Mas os jovens que nasceram no Japão enfrentam uma crise de identidade e, quem voltou, problemas. Como solucionar isso e aproveitar as oportu-nidades?", perguntou o cônsul.

Segundo Marcelo Hideshima, vice-presidente do Bunkyo e coordenador do projeto, a ideia é proporcionar aos ex-dekasseguis "ferramentas" que os levem para o mercado de trabalho e para a sociedade brasileira. "Contamos, inicialmente, com 10 empresas parceiras que vão abrir vagas de emprego; voluntários para atendimento psicológico e de RH; apoio da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo, que vai oferecer aulas de português. Temos disposição e vontade para isso funcionar. A intenção é convergir tudo, construir juntos e multiplicar isso em outras regiões, como aconteceu com o FIB (Fórum de Integração Bunkyo), que este ano chegou ao Rio de Janeiro e Porto Alegre", contou ele.

A expectativa, portanto, é que mais para o ano que vem já haja uma sala de atendimento do Projeto Network no Bunkyo e reuniões periódicas.

No sábado, um dos convidados presentes foi a dupla de youtubers Maru e Jeru. As irmãs Marcely e Jéssica Tuzaki, que juntas têm quase 1,5 milhão de seguidores, viveram a infância no Japão, sofreram com a adaptação no Brasil e deram a volta por cima ao conquistar a Internet.

"Vivemos 15 anos no Japão, de 1992 a 2009. Estudamos em escola japonesa e, quando voltamos, não sabíamos português. Aprendemos e, como passatempo, resolvemos fazer um blog e deu certo. Somos de Paraguaçu Paulista, mas mudamos para São Paulo. O nosso público é bem diversificado, de criança a adulto. Falamos de várias coisas e também de cultura japonesa. (Em um vídeo) apresentamos nato (soja fermentada), por exemplo", disse Jeru.

 
01 de novembro de 2019 - Dekassegui - Portal NippoBrasil




Importante:
O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

  Arquivo - Dekassegui
01/11/2019
• Projeto guia ex-dekasseguis ao mercado de trabalho via network
11/10/2019
• Encontro de jovens nikkeis que moraram no Japão
30/09/2019
• Emissão de vistos a yonseis estão bem abaixo da expectativa
10/09/2019
• Família é o novo perfil do dekassegui
06/02/2019
• Palestras no Ciate, em fevereiro, sobre Declaração do IR e Cadastramento de Seguro Social
12/12/2018
• Atraso em voos: calculadora mostra qual o valor da indenização para o viajante
26/10/2018
• Alitalia anuncia codeshare com a All Nippon Airways (ANA)
13/07/2018
• Anac reajusta taxas dos aeroportos de Guarulhos e Viracopos
13/06/2018
• BNDES lançou projeto para incentivar o setor de franquias
25/05/2018
• SMTE oferecerá serviços gratuitos no Integra Jabaquara em SP
10/05/2018
• SMTE participará da Semana do MEI 2018
06/04/2018
• Oficina gratuita sobre empreendedorismo é oferecida pelo CATe de São Paulo
04/04/2018
• Secretaria Municipal do Trabalho fará formalização de MEIs da capital paulista na Feira do Empreendedor
07/03/2018
• Secretaria Municipal do Trabalho promove o empreendedorismo feminino em SP
23/02/2018
• Ao marcar viagem de avião, fique atento aos seus direitos em caso de atraso ou cancelamento de voo no aeroporto
16/02/2018
• Visto para brasileiros yonseis pode sair ainda em 2018
11/02/2018
• Fundação Japão em São Paulo abre uma vaga para funcionário
14/12/2017
• Banco Itaú Unibanco lança transferência internacional via aplicativo

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2019 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados

178 usuários online