Portal NippoBrasil - OnLine - 17 anos
Terça-feira, 17 de setembro de 2019 - 18h31
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPORTES
Copa 2014
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-
Arquivo NippoBrasil - Edição 025 - 29 de outubro a 4 de novembro de 1999
 
O melhor dos quatro cantos de Shiga
A partir desta edição, a cada duas semanas você percorrerá os principais pontos turísticos da província. De norte ao sul de Shiga, prepare-se para conhecer desde os recantos mais discretos até os bem tradicionais
 

(Fotos: Divulgação)

Suba em direção ao norte de Shiga para descobrir uma região por onde passaram os lordes antigos que marcaram forte presença na história e cultura japonesa. Um passeio completo, principalmente na primavera e no outono, oferece aos turistas cenários encantadores proporcionados pela mudança de cores das árvores da vegetação local. Outra opção é ficar atento ao calendário das principais festividades típicas para participar de um dos vários eventos locais realizados pela população ao longo do ano. Nagahama Hikiyama Matsuri e Nabekanmuri Matsuri destacam-se entre as festas populares que mantêm o folclore e tradições da região.

 

Museu e Castelo de Nagahama: símbolos da região

Juichmen Kannon Ryuzo: com 1m95 de altura: a escultura é conhecida em todo o país por ter sido feita a partir de uma única madeira
 
1- Chikubushima (Biwa-cho)
Delicada e centro das atenções em pleno oceano, a pequena ilha mede apenas dois quilômetros de circunferência, mas é popular por ter sido palco de importantes fatos históricos desde os tempos antigos.
 
2- Joshin-ji (kinomoto-cho)
Sagrado, o templo Jizobosatsu representa um dos mais significativos acervos culturais da região. É bastante visitado por populares e turistas de várias partes do país. É conhecido como o templo onde Buda curava doenças de visão. O templo tem a maior estátua feita em cobre do Japão.
 
3- Monte Ibuki (Ibuki-cho)
Esta é a montanha mais alta de Shiga. Localizada a 1377 metros acima do nível do mar, ela é forrada por mais de 1200 espécies de flores, oferecendo uma imagem esplendorosa para o turista que a percorre através de um teleférico. A melhor época de visita começa no final de julho indo até as primeiras semanas de agosto.
 
4- Fazenda de Truta Samegai (Maihara-cho)
Considerada a maior fazenda de truta do Japão, Samegai existe desde 1878. Estima-se que no local já foram pescadas mais de 2 milhões e 700 mil trutas até hoje. No outono, para quem aprecia a natureza, as folhas coloridas são a grande atração em Maihara.
 
5- Hikuden-ji (Omi-cho)
Bem conservada, apesar de antiga, a estrutura desse templo data do período Edo, por volta de 1600. O festival Kugeyakkoburi – uma das mais importantes manifestações culturais de Shiga - acontece em novembro, atraindo anualmente milhares de turistas.
 
6- Kohoan (Azai-cho)
O templo é conhecido pelo jardim formado por oito famosos cenários em Shiga. Segundo populares, para saber quais são, só mesmo visitando o local para descobrir cada um deles.
 
7- Yogo-ko (Yogo-cho)
Cheio de mistérios, o lago é o cenário principal de lendas na região como o Ama no Hagoromo, Ryujin e Kikuishihime. O Yogo-ko é também chamado de Kagami-ko ou o “Lago Espelho”.
 
8- Kurokabe Square (Nagahama-shi)
Antigo, o museu foi feito a partir da reforma de uma construção do Período Meiji (1852-1912). Em seu interior, uma coleção de produtos em vidro de todas as partes do mundo são exibidas ao público. Além da exposição, vale a pena apreciar também os detalhes da interessante arquitetura nas estruturas do museu.
 

Festividades Regionais

De 10 de janeiro a 10 de março
Bonbai ten: Keiunkan, Nagahama.

Início de fevereiro a meados de abril
Asebi ten: Daitsuji, em Nagahama.

De 14 a 16 de abril
Nagahama Hikiyama Matsuri: Nagahama Hachimangu, em Nagahama

3 de maio
Nabekanmuri Matsuri: Chikuma Jinja, em Maihara.

5 de agosto-
Festival de Fogos de Artifício de Nagahama: Porto de Nagahama.

16 de agosto
Nakakawachi Taiko Odori & Yakkoburi:
Hiromine Jinja, em Yogo-cho (acontece somente a cada três anos).

18 de agosto
Kawai Taiko Odori: Sahakato Jinja, em Kinomoto.

De 22 a 25 de agosto
Kinomoto Jizo Ennichi: Joshinji, em Kinomoto.

15 de setembro
Sumo Odori: Hinashi Jinja, em Omi.

De 9 a 11 de outubro
Hikiyama Matsuri: Em Maihara.

Meados de outubro
Nagahama Shusse Matsuri: Em Nagahama.

15 de novembro
Kuge Yakkoburi: Hukudenji, em Omi.

 
 Arquivo - Turismo Japão
ARQUIVO - EDIÇÃO 254
• Templo Horyuji
ARQUIVO - EDIÇÃO 247
• Niigata
ARQUIVO - EDIÇÃO 244
• Monte Fuji
ARQUIVO - EDIÇÃO 242
• Okinawa
ARQUIVO - EDIÇÃO 240
• Hokuriku
ARQUIVO - EDIÇÃO 236
• Nikko: a cidade dos santuários
ARQUIVO - EDIÇÃO 232
• Kamakura
ARQUIVO - EDIÇÃO 229
• Yamanashi
ARQUIVO - EDIÇÃO 227
• Okayama
ARQUIVO - EDIÇÃO 222
• Hakone
ARQUIVO - EDIÇÃO 220
• Osaka
ARQUIVO - EDIÇÃO 216
• Iwate
ARQUIVO - EDIÇÃO 214
• Ilha de Sado
ARQUIVO - EDIÇÃO 211
• Hokkaido - Tudo começou em Naka Furano
ARQUIVO - EDIÇÃO 208
• Kansai - Redescobrindo as belezas da região
ARQUIVO - EDIÇÃO 205
• Soka
ARQUIVO - EDIÇÃO 202
• Hirakata
ARQUIVO - EDIÇÃO 199
• Niigata
ARQUIVO - EDIÇÃO 197
• Tohoku
ARQUIVO - EDIÇÃO 195
• Tóquio e arredores: belezas que encantam
ARQUIVO - EDIÇÃO 193
• Chugoku-Shigoku: O coração do Japão
ARQUIVO - EDIÇÃO 191
• Okinawa: Uma região de paraísos subtropicais
ARQUIVO - EDIÇÃO 189
• Nagasaki - O berço cristão japonês
ARQUIVO - EDIÇÃO 187
• Shimabara
ARQUIVO - EDIÇÃO 185
• Tottori: O Saara japonês
ARQUIVO - EDIÇÃO 183
• Matsue - A herança intacta dos samurais
ARQUIVO - EDIÇÃO 181
• Chiba conserva folclore cultural da região
ARQUIVO - EDIÇÃO 179
• Okutama: Refrescando-se nas montanhas
ARQUIVO - EDIÇÃO 177
• Mito: A cidade de um dos mais belos jardins japoneses
ARQUIVO - EDIÇÃO 175
• Izu - O paraíso das águas
ARQUIVO - EDIÇÃO 173
• Kyoto: Cenário de três mil templos
ARQUIVO - EDIÇÃO 171
• Chindon-ya
ARQUIVO - EDIÇÃO 169
• Toyama no Kusuri
ARQUIVO - EDIÇÃO 167
• Sensooji o templo do Carnaval
ARQUIVO - EDIÇÃO 165
• Odaiba: a face futurista de Tóquio
ARQUIVO - EDIÇÃO 163
• Todaiji: o templo do grande Buda de Nara
ARQUIVO - EDIÇÃO 161
• Ryuhyoo: O gelo navegante de Hokkaido
ARQUIVO - EDIÇÃO 159
• Hokkaido, o inverno mais gelado do Japão
ARQUIVO - EDIÇÃO 134
• Yamanashi:
A Terra dos Lagos
ARQUIVO - EDIÇÃO 130
• Okayama
ARQUIVO - EDIÇÃO 128
• Osaka
ARQUIVO - EDIÇÃO 126
• Okinawa: Ryukyu, Soberano dos Mares do Sul
ARQUIVO - EDIÇÃO 124
• Kamakura
ARQUIVO - EDIÇÃO 122
• Monte Fuji e os Cinco Lagos

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2019 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados

227 usuários online