PORTAL NIPPOBRASIL ONLINE - 19 ANOS
-
Fale conosco: adm@nippo.com.br   
Sábado, 21 de outubro de 2017 - 15h36
DESTAQUES:


Perdeu o emprego? Não se entregue
Antes de qualquer coisa, procure tirar lições disso.
Aproveite para refletir sobre o fato e desenvolver suas competências
 

De repente, o seu chefe lhe chama até a sala dele e confirma a impressão que já estava no ar havia alguns dias: você está demitido. Que droga! E agora? Por mais que a troca de emprego estivesse nos seus planos, receber o bilhete azul é sempre desagradável. Antes de qualquer coisa, procure tirar lições disso. Aproveite para refletir sobre o fato e desenvolver suas competências. Tenha em mente que esse momento é chato para ambas as partes. Então, cuidado para não sair atirando para todos os lados. Muitas vezes, culpamos os outros pela nossa ausência de resultados. Isso cria incômodo entre as pessoas da organização e torna as coisas mais difíceis.

Lembro-me de uma história contada pelo presidente de uma grande empresa quando teve que demitir uma amiga. Havia algum tempo que a chefe e alguns colegas da moça reclamavam do desempenho dela. Quando a situação chegou ao limite, o presidente decidiu dispensá-la. No entanto, omitiu o real motivo da demissão para evitar um sofrimento maior. Falou apenas que ela não estava trazendo os resultados desejados. A funcionária percebeu que ele havia escondido algo e começou a ameaçá-lo e culpar os colegas por seus erros. A situação ficou lastimável e sua saída foi traumática. Não restou nem amizade, nem a possibilidade de uma boa referência.

Se você perder o emprego, pergunte as razões da demissão durante a conversa. Tenha um papo amistoso, não use a oportunidade para se justificar, e sim para conhecer mais sobre o seu trabalho. Aproveite para conseguir alguns benefícios extras. Negocie a manutenção do convênio médico por mais uns meses e peça apoio na sua recolocação.

Nesse dia, conte com o ombro de um amigo e desabafe à vontade. Chore todas as lágrimas que existirem no seu coração. Ordene seus pensamentos e perceba que essa crise pode ser uma oportunidade para rever a carreira e crescer como pessoa.

Conserve a auto-estima. Você perdeu o emprego, mas não perdeu a capacidade profissional. Nada de ficar remoendo os porquês e muito menos os “se eu tivesse feito isso ou aquilo...”. Você já tem um problema, que é arrumar uma colocação, portanto deixe essa pessoa de lado. Não se canse procurando culpados e se ressentindo com alguém. Seria perda de tempo – e, dependendo da situação financeira, o tempo é fundamental. Aliás, seu dinheiro pode ser a primeira questão prática a ser cuidada. Corte os gastos possíveis, pois não dá para saber quanto tempo você ficará disponível no mercado antes de o salário voltar a entrar.

Agora, é sair à luta para conquistar um novo emprego. Abra a agenda e faça uma lista de amigos e conhecidos a quem possa contatar. Pegue o telefone e avise a todos que está se recolocando – se não falar, não terá como receber ajuda. Fique atento. A maioria das contratações ocorre por indicação. Na paralela, cuide da aparência e mantenha o alto-astral. Ninguém quer empregar um derrotado. Mantenha a fé e confie em si mesmo. Estou certo de que, daqui a algum tempo, o que vai ficar desse momento é a lembrança de que você é muito maior do que os seus problemas.


Roberto Shinyashiki
É psiquiatra e autor de diversos best-sellers, como O sucesso é ser feliz.
Artigos: www.shinyashiki.com.br

 Arquivo - Roberto Shinyashiki
• Confiança e inspiração para virar o jogo
• Assuma o que é importante para você
• Será que você é mesmo uma pessoa substituível?
• As cinco características de um campeão
• Afinal, o que é competência?
• Você e suas escolhas
• Perdeu o emprego? Não se entregue
• Em vez de reclamar, batalhe!
• O medo não pode ser um estilo de vida
• Qual é a sua forma de ver a vida?
Construa sua própria estrada
Você tem medo de quê?
Determinação para correr o campo inteiro
Viva para o aprendizado
Seja especial na competência
Descubra a sua vocação
Seja amigo de você mesmo
Transforme o drama em um trampolim
Busque suporte para as suas dificuldades
A solução está dentro de você!

© Copyright 1992 - 2016 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante.
Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

Sobre o Portal NippoBrasil | Fale com o Nippo